Etiqueta online

Responder emails é legal, viu, gente? 🙂

Na verdade, existem muitas coisas que são legais, tratando-se de internet. E outras nem tanto. Como em qualquer coisa envolvendo interações entre pessoas, existem comportamentos e atitudes que são considerados de bom tom e outros que são consideradas falta de educação ou pelo menos indesejáveis. Uma espécie de código de conduta, ou etiqueta – uma etiqueta da internet. Em inglês existe até o termo netiquette pra isso, ou netiqueta na Última Flor do Lácio.

Continuar lendo

Anúncios

Ter uma vida faz bem pro Lattes!

A Academia costuma ser um ambiente bastante estressante (e você não precisa acreditar na minha palavra – veja, por exemplo, essa matéria publicada na Revista Fapesp). Eu pessoalmente não acho que isso seja uma característica exclusiva da Academia – amigos e amigas que trabalham em outras áreas, como consultoria ou tradução, não parecem significativamente mais felizes ou mais de boas. Também duvido que uma empresária ou um funcionário do Banco do Brasil viva uma vida sem estresses. Mas, a Academia é o ambiente que conheço e sobre isso que vou escrever.

Continuar lendo

Maternidade e Academia

Este é um post convidado – e acredito que é o post mais importante na história deste blog. É sobre como é ser mãe na Academia, com todas as demandas de aulas, artigos – e com todas as demandas maternas. E para isso, convidei quatro amigas, todas da Ecologia, para relatarem suas experiências: Amanda Anjos (bióloga pela UFG, mestra pela UESC), Amanda Cerqueira (que está no começo do doutorado na UESC), Leiza soares (na metade do doutorado na UESC) e Larissa Rocha (doutora e pós-doc na UESC). Os textos se complementam, abordando as dificuldades e as coisas boas. Muitíssimo obrigado por terem aceitado o convite, e desculpem a eventual pressão para ter os textos prontos!

Continuar lendo

Secretariando na Pós

Este é um post convidado, escrito por Iky Anne Dias, secretária do PPGECB-UESC sem a qual, junto com a Amábile, o Programa provavemente estaria em ruínas. Pedi pra Iky escrever este post ao perceber que eu mesmo, durante minha pós-graduação, não dava o devido valor à Secretaria do meu Programa. E também porque via de regra não sabemos como é este trabalho. Então, aqui está! 🙂

Continuar lendo

Ensinando R…

Escrevi esse post* pensando em ajudar quem vai dar ministrar seus primeiros minicrusos, aulas ou disciplinas sobre o R ou que utilizem o R. Me baseio na minha experiência ensinando R desde 2014 – no caso, alguns minicursos e algumas disciplinas de pós-graduação. Não é uma baita experiência, mas é melhor do que nada!

Então… algumas dicas ou conselhos, que você pode seguir, adaptar ou ignorar 😉

Continuar lendo

Luta de classes na Universidade

Este é mais um post discutindo aspectos da vida acadêmica com um ar meio revoltado… Acho que estou meio revolts ultimamente 🙂 E também estou lendo um livro de educação ambiental que me faz indagar sobre algumas coisas.

Não sou sociólogo, não tenho formação em ciências sociais, minhas leituras nissos são extremamente limitadas, e só tive mesmo contato com ciências humanas quando estudava educação ambiental. Ou seja, a probabilidade de eu não fazer a menor idéia sobre o que estou falando é grande. 🙂 E também sinto que não consegui me expressar aqui, e nem formular direito as minhas opiniões. Mas só percebi isso depois do texto estar escrito, então bora lá!

Quando falamos em “luta de classes”… O que vem à sua mente? Obviamente, um paladino e um mago lutando contra um ranger e um clérigo enquanto um bardo compões canções sobre isso. Imagino que vem à mente a clássica questão do proletariado – detentor da mão de obra – e dos donos dos meios de produção… Acertei?

Continuar lendo

Independência de pensamento

Existem outros textos excelentes sobre o que é ser cientista, que características cientistas precisam ter e questionando você, leitor ou leitora, se você de fato quer seguir o Caminho da Ciência. Abaixo cito alguns:

(Já falei que sou fã do Marco Mello?) Outras pessoas escreveram sobre o assunto, mas estes acima são os textos com que mais me identifico.

E considerando a simples importância deste tema e o quanto já foi dito sobre ele, eu devia parar de chover no molhado e ir fazer alguma coisa mais útil da minha vida tipo preparar a minha aula nada mais sensato do que eu também dar meus pitacos aqui, né? 🙂

Continuar lendo